Divulgue nosso servidor! Assim, a cada dia ele cresce mais.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Texto off - Título indefinido; planeta incompleto.

Ir em baixo 
AutorMensagem
Mario!~

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 25/12/2010
Idade : 20
Localização : Blumenau, SC.

MensagemAssunto: Texto off - Título indefinido; planeta incompleto.   Sab Dez 25, 2010 7:11 pm

Onde estou?...


Acordo no preto, sem enteder o que acontecia... logo pergunto à mim mesmo :
-Onde estou?
Minha voz ecoava pelo infinito da escuridão.

-Você está aqui. Onde mais poderia estar? - uma voz forte, de homem, me responde.
-Quem é você? -questionei-o sem esperar.
-Sou o tudo, o nada, o que você quiser.
-Hm... ok. - concordei, sem muita confiança - Senhor, poderia me dizer onde estou?
-Você está dentro de mim, no tudo e no nada.
-É... como?
-Você não vai entender. Como veio parar aqui?
-Não sei.
-Pois bem, você irá me ajudar.
-Com o quê?
-A criação do mundo, oras.

Espantei-me com as palavras dele. Tentei correr, mas não conseguia me mover, estava flutuando.

-Não
irá conseguir fugir, aqui não é possível caminhar sem pensar. Estamos
onde um mundo surgirá, só lá você pode andar, correr, pular... - a voz
me disse, e nada eu podia fazer a não ser ouvir
-Ok, irei lhe ajudar. Mas o que o senhor quer?
-Primeiro, observe isto.

No preto, surgia um leve brilho. Meus olhos não puderam durar muito tempo por abertos.
Fechei-os e senti a leve luz sumindo, abri-os denovo. Estava lá uma coisa oval.

-Este
ovo é onde viverão nossos seres. Lhe ensinarei como fazer as coisas e
você me ajudará com metade da vida dali. Mas primeiro, como se chamará o
ovo?
-Terra - pensava em solo firme e em minha casa, acabei falando em voz alta sem querer.
-Terra? Ótimo nome. Certo, vamos começar.
-Oi?

O ser, sem que eu pudesse ver - afinal, estava no preto, não via nada - encostou em meu ombro e passou a falar :
-Para me ajudar, preciso que você saiba como fazer a vida, não?
-Suponho que sim, senhor...
-Feche seus olhos.
-Certo.
-Pense em algo.
-Pensei.
-Diga o que é.
-Uma maçã.
-Sabe todas as caracterísitcas?
-Sim.
-O que essa maçã será?
-Uma coisa proibida, ninguém poderá comê-la.
-Por quê?
-Minha mãe me disse que é o fruto proibido.
-Está bem. Abra os olhos.

Uma maçã flutuava diante de meus olhos. Ela brilhava, podendo então eu vê-la.

-Assim
que se faz uma coisa, pense nela com os olhos fechados, pense em todas
suas características e então abra seus olhos. Nada difícil.

Não acreditava no que estava acontecendo, seria um sonho?

-Não é um sonho -disse a voz para mim.
-Como sabe que eu estava pensando nisso?
-Eu criei você.
-Ah...
-Então, gostou da maçã?
-Idêntica à do mundo real...
-Aqui é o real.
-Verdade.

Calei-me por um minuto, ele também calou-se.

-Ah, esqueci de me apresentar. Sou Marco, prazer.
-Eu sabia. Criei você.
-Isso está irritando, sabia?
-O quê? Minha sabedoria?
-Sim...

Calamo-nos denovo por mais um minuto.

-Pois bem - começou ele -, vou para lá e você fica aqui. Vamos começar a obra.
-Certo.
-Lembrando que não precisa ter pressa, conforme as ideias vêm, você faz.
-Então vou dormir...
-Tudo bem. Só não se espante quando acordar!
-Por que me espantar?
-Vá dormir, vá.

Virei-me e pensei numa cama, ela apareceu diante de mim, flutuando, e eu deitei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mario!~

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 25/12/2010
Idade : 20
Localização : Blumenau, SC.

MensagemAssunto: Re: Texto off - Título indefinido; planeta incompleto.   Sab Dez 25, 2010 7:12 pm

Um mundo acorda junto de mim.


Após tantas horas - que nem sei quantas - acordei.
"Levantei-me" da cama, flutuei até perto do Senhor e o perguntei :

-Como vão os projetos da Terra?
-Bem. Pensaste em algo que possamos fazer?
-Por ora, não. Irei a um canto e pensarei depois. E você, já pensou em algo?
-Acho que o solo. - ele para de falar por um tempo e - Como ele se chamará?
-Terra. Os homens vivem no solo, a terra, e na Terra, o planeta.
-Interessante, Marco. Haverá algo além da terra?
-O líquido : mar, lagos e rios.
-Imaginava. Já fizemos boa parte da vida, agora começemos. Você cuida da terra e eu do mar. Faça-o primeiro.
-Certo.

Pensei no mar, concentrei-me. Lembrei-me que tinha que fazer o
planeta com uma parte aquática e outra terrestre. Falei pro tudo/nada :

-Deixe comigo a terra e o mar. É algo meio complexo para fazer um cada.
-Tudo bem, já irei criando outras pequenas coisas.

Pensei no globo terrestre no qual eu "vivia". Cada continente, espaço. Pensei que a terra não acabava, e sim se aprofundava.

Fiz primeiro a terra.
Um brilho - um tanto quanto mais fraco que o anterior - surgiu. E dessa vez pude manter meus olhos por abertos.
Lá estava, o planeta com sua pequena camada de terra, ainda sem o verde das gramas e flores - eis algo para fazer depois.
Fiz depois o mar, preenchendo os buracos que a terra deixara. Lá, o brilho foi quase inexistente; surgira por um segundo.
Diante de mim, vi algo enorme, mas que deu certo. E o melhor : eu mesmo fiz.

-Deeeus! - berrei chamando-o, sem perceber que ele não era Deus.
-Deus? Ótimo nome para mim, Marco!
-Você não tinha nome?
-Eu lhe disse antes : Tudo ou nada.
-Faz mal se eu lhe chamar de Deus?
-Não. Eu até gostei do som que sai. De agora em diante me chamarás de Deus, assim como eu serei Deus.

Parei de falar por uns segundos, assim como Ele; passou então a andar.

-Espere! - berrei enquanto ia para com ele - Lembrei o que tinha para lhe falar.
-Diga então, Marco.
-Terminei de fazer a terra e o mar. O que faremos agora?
-Pensemos em algo novo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Texto off - Título indefinido; planeta incompleto.
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Recrutamento] Seeking Online - Capítulo 1: Aurora e Pecado
» Bleach - Shinigami Saga - Capítulo 1 (Tópico de jogo)
» Capítulo 2 - Uma Noite na Taverna
» [Apresentação] Singela Dualidade - Capítulo I
» Capítulo 1: Caminhos Cruzados

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum CapitalRag :: Off Topic :: Off Topic-
Ir para: